Volvo vai limitar velocidade a 180 km/h

A Volvo Cars anunciou que a partir de 2020 irá limitar a 180 km/h a velocidade máxima dos seus automóveis. Este anúncio personifica a visão e o compromisso da marca sueca, reconhecida como líder em segurança automóvel, no que toca aos perigos relacionados com o excesso de velocidade. A ideia por detrás desta medida é o objetivo declarado da marca sueca de que a partir de 2020 ninguém perca a vida ou fique gravemente ferido a bordo de um novo Volvo: esta declaração, conhecida como 'Vision 2020', é – diz a Volvo – um dos objetivos mais ambiciosos na longa história da indústria automóvel. No entanto, a Volvo reconhece que a tecnologia em redor do automóvel poderá não ser, por si só, suficiente para atingir esse objetivo, com o fabricante sueco a destacar a importância do comportamento e do papel do condutor. E a comprová-lo estão os resultados de uma investigação levada a cabo pela própria Volvo Cars, que reconheceu, além do excesso de velocidade, os fatores intoxicação (conduzir sob a influência de álcool ou de drogas) e distração (condutores distraídos com os telemóveis ou pouco envolvidos na condução é outra das principais causas de acidentes) do condutor como as três preocupações principais em relação à segurança que poderão representar um risco para a concretização dessa sua Visão 2020. Assim, o que a Volvo pretende agora é dar início à discussão em torno do direito ou até da obrigação dos construtores automóveis em instalar tecnologia nos seus veículos que contribua para uma mudança de comportamento dos condutores, de modo a minorar não só o excesso de velocidade (além de limitar a velocidade máxima, através de combinações de tecnologia que permitam, por exemplo, controlar automaticamente a velocidade perto de escolas ou hospitais) mas também os níveis de intoxicação e de distração.

Tags:

Destaque
Mais recentes