FICHA TÉCNICA

Motor elétrico    

80 kW (108 cv) bateria de iões

de lítio, 41 kWh

Autonomia    

300 km (WLTP)

Aceleração

11.4 s (0-100 km/h)
PREÇOS

a partir de 17.170€

(com aluguer da bateria)
a partir de 28.830€

(com aquisição da bateria)
 

1/4

NOVOS MODELOS

RENAULT ZOE R110

Ainda mais energia

A marca diz que este não é um desportivo, mas a verdade é que já começa a aparecer alguma diversão para o segmento. A nova versão R110 do Zoe torna o citadino elétrico uma proposta mais interessante para quem gosta de sentir mais potência debaixo do pé direito, empregando a força necessária para enfrentar novos caminhos, dentro e fora das cidades.

Os automóveis citadinos não precisam de andar muito depressa. Afinal, vão passar a maior parte da sua vida útil dentro da cidade, onde o mais importante é agilidade, versatilidade e poupança de combustível. No caso do Renault Zoe, o importante é poupar energia, já que, durante os seus primeiros anos de existência, não existiam tantos postos de combustível e a autonomia destes veículos não era famosa. Mas agora este problema está a desaparecer, com os carros elétricos a demonstrarem ser capazes de fazer uma viagem longa, portanto surge o desejo de querer andar depressa. E o que fazia falta mesmo era uma versão mais potente e mais desportiva...
O Renault Zoe já estava disponível em versões com cerca de 90 cv de potência, mas agora surge o R110, que promete ser mais interessante de conduzir. Para a Renault, esta não é uma versão desportiva, mas os seus 80 kW (equivalentes a 108 cv) não ficam muito longe da potência do Renault 5 Turbo original, que tinha 115 cv. Já é um valor suficiente para que o Zoe seja um veículo adaptado a necessidades e estilos de vida distintos, para tipos diferentes de condutor. Com 225 Nm de binário, esta nova evolução do propulsor elétrico é mais rápida nas acelerações, ainda que os 11,4 segundos necessários para atingir os 100 km/h estejam longe de ser estonteantes. Mas vai sentir a diferença nas recuperações, onde o Zoe R110 é substancialmente mais rápido do que a versão equipada com o motor R90, servindo como exemplo os menos dois segundos que precisa para subir dos 80 aos 120 km/h.
Em termos práticos, o Zoe R110 não perde para as versões com menos potência. Em destaque está a autonomia anunciada, de 300 quilómetros, um valor comprovado como real: este foi o primeiro motor elétrico da Renault cujos consumos foram medidos desde o início com o novo ciclo WLTP, que permite ao condutor ter uma ideia bem mais realista do que pode fazer com o Zoe se quiser fazer uma viagem. Nos postos de carregamento rápido de 43 kW ou de carregamento acelerado de 22 kW, o novo R110 não precisa de mais de 100 minutos para carregar as baterias desde zero até aos 80 por cento de carga, o que é suficiente para atingir os 240 quilómetros de autonomia. Assim, em menos de duas horas vai ter bateria para andar a semana toda em ambiente citadino.
O Renault Zoe R110 está disponível na rede nacional de concessionários da marca francesa desde o início do mês de setembro, por um preço que não fica muito acima das versões R90. O Zoe R110 pode ser adquirido a partir de 17.170€, associado a um contrato de aluguer e serviços relacionados com as baterias e com o incentivo do Estado no valor de 2.250€ já incluído, beneficiando as empresas ainda da dedução integral do IVA. Se preferir optar pela compra normal com as baterias já incluídas, o R110 está disponível a partir dos 28.830€, na versão mais acessível. Em qualquer dos casos, é oferecida a ‘wallbox’ de 7,4kW para instalação doméstica. E tal como com os outros motores, este modelo 100 por cento elétrico da Renault surpreende pelas diferentes possibilidade de aquisição com que se apresenta no mercado, já que tanto pode ser adquirido com baterias incluídas ou em regime de aluguer com garantia vitalícia. Apresenta-se no mercado português com três níveis de equipamento, que podem ser elementos mais luxuosos como estofos em couro ou um sistema de som da BOSE, que pode ser combinado com o Android Auto R-Link, compatível com uma grande variedade de aplicações encontradas nos smartphones com sistema Android. 

O ZOE fica agora disponível 
com três motores distintos, 
com potências entre os 88 e os

108 cavalos.

PROJETO BLUEAUTO
EDIÇÃO MAIO 2020
CONTACTOS

PROPRIEDADE

Press.in, Lda.

NIPC: 505536293

Edifício LACS
Rocha Conde de Óbidos
1350-352 Lisboa

 

Mail: blueauto@pressfactory.pt

A BlueAuto é uma revista de periodicidade mensal dedicada à mobilidade sustentável e às inovações tecnológicas aplicadas ao mundo automóvel.

 

EDIÇÃO MENSAL

 

© 2018 PressFactory - Todos os direitos reservados