Parlamento Europeu aprova fim dos motores a combustão em 2035

O Parlamento Europeu acaba de dar "luz verde" ao pacote de propostas legislativas apresentado no ano passado pela Comissão Europeia que define o roteiro para a redução das emissões CO2 de veículos de passageiros e comerciais ligeiros, de modo a atingir em 2035 o objetivo das zero-emissões. O documento deverá agora ser negociado com os estados-membros da União Europeia antes de poder passar a legislação formal. “Este regulamento incentiva a produção de veículos de zero e baixas emissões. Com os novos standards para as emissões CO2, criamos transparência para a indústria automóvel e estimulamos inovação e investimentos aos construtores”, afirmou Jan Huitema, relator do documento agora aprovado, com o deputado europeu a acrescentar: “Adicionalmente, a compra e a utilização de carros zero-emissões irá tornar-se mais económica para os consumidores. E isso é particularmente importante numa altura em que os preços do diesel e da gasolina continuam a aumentar. Esta legislação torna a condução sustentável acessível a todos”. Recorde-se que, a concretizar-se, a adoção deste pacote legislativo significará na prática a proibição de comercializar na Europa veículos com motores de combustão a partir de 2035.




Tags:

Destaque
Mais recentes
Tags
Siga-nos 
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic