VOLKSWAGEN PASSAT: Autonomia e liberdade

Pode não parecer um automóvel completamente novo, mas o Volkswagen Passat renovado é radicalmente diferente do modelo que está atualmente à venda, em termos de evolução tecnológica. O dia em que vai deixar de ser necessário manter as mãos no volante para viajar num automóvel está a chegar, e embora ainda não tenha data anunciada a VW está disposta a abrir algumas portas, introduzindo no Passat aquilo a que chama uma forma de condução autónoma parcial, com o nome IQ.Drive. Os componentes principais do IQ.Drive não são novidade. Normalmente, elementos como o ‘cruise control’ adaptativo, o assistente de manutenção de faixa, a assistência de direção e o detetor de tráfego intenso seriam apenas parte de uma lista de equipamento de segurança. Agora, estes sistemas trabalham em conjunto, oferecendo novas funcionalidades que antes eram impossíveis de integrar. Por exemplo, o IQ.Drive consegue adequar a velocidade conforme o tipo de estrada, o tráfego e o tipo de terreno, funcionando, em teoria, até 210 km/h, mas além de reduzir e aumentar a velocidade conforme o tráfego à sua frente também é capaz de reconhecer sinais de trânsito e reduzir imediatamente a velocidade quando deteta um novo limite de velocidade. Com a caixa DSG, também avança e pára automaticamente em filas de trânsito ou semáforos. Uma câmara no topo do pára-brisas também permite ao sistema de assistência de faixa reconhecer a estrada mesmo sem marcações e apenas com terra e plantas nas bermas, ou rodar o volante quando reconhece um obstáculo. Em todo o caso, apesar de todos estes sistemas estarem integrados, o VW Passat apenas se encontra no segundo nível de automação, exigindo atenção permanente do condutor, e o carro emite um sinal se o condutor tirar as mãos do volante por mais de dez segundos. E o condutor pode sempre interromper os comandos autónomos mexendo no volante ou carregando nos pedais, sendo que o volante deteta que tipo de movimentos o condutor está a fazer, garantindo uma maior integração entre comandos manuais e sistemas automáticos. A versão híbrida GTE continua a fazer parte da gama, tanto na berlina como na carrinha Variant, mas o sistema foi melhorado, com a capacidade da bateria aumentada de 9,9 para 13 kWh. Isto significa que agora é capaz de percorrer um máximo de 55 km na cidade sem qualquer tipo de emissão poluente. Esta autonomia é medida no ciclo WLTP, e seria equivalente a 70 km no menos fiável NEDC, mas representa um aumento de 20 km em relação ao anterior Passat GTE. A potência total do conjunto continua a ser de 218 cv, e o condutor tem agora um modo mais simplificado de gerir o sistema, com apenas três modos de atuação – E-Mode (100% elétrico), GTE (desportivo, com os dois motores) e Hybrid (gestão automática dos motores, agora mais intuitiva). A bateria pode ser recarregada em quatro horas numa wallbox de 360 volts montada em casa. A gama de motores a gasolina foi ligeiramente remodelada, com o 1.4 TSI a dar lugar ao mais moderno 1.5 TSI, mantendo os 150 cv. No topo de gama, o 2.0 TSI com 272 cv é menos interessante. Continua a existir uma grande variedade de motores Diesel, começando pelo 1.6 TDI de 120 cv e prosseguindo com o 2.0 TDI com 150, 190 e 240 cv. A versão de 150 cv, em particular, garante baixos custos de utilização e todos os Diesel cumprem a legislação Euro 6d, que entra em vigor em 2021. Todos estão disponíveis como berlina e Variant, sendo que os Diesel de 190 e 240 cv também existem na variante ‘crossover’ Passat Alltrack. O VW Passat também passa a estar equipado, em opção, com o novo sistema de iluminação inteligente IQ.Light, estreado no Touareg. O condutor dispõe da segunda geração do ‘cockpit’ digital como painel de instrumentos, além de contar com três sistemas de infoentretenimento MIB 3, que oferece mais opções de conectividade, incluindo navegação mais intuitiva e comandos vocais. O novo VW Passat vai chegar ao mercado europeu no final do verão.

Destaque
Mais recentes
Tags
Siga-nos 
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic
PROJETO BLUEAUTO
EDIÇÃO NOVEMBRO 2020
CONTACTOS

PROPRIEDADE

Press.in, Lda.

NIPC: 505536293

Edifício LACS
Rocha Conde de Óbidos
1350-352 Lisboa

 

Mail: blueauto@pressfactory.pt

A BlueAuto é uma revista de periodicidade mensal dedicada à mobilidade sustentável e às inovações tecnológicas aplicadas ao mundo automóvel.

 

EDIÇÃO MENSAL

 

© 2018 PressFactory - Todos os direitos reservados