cabeçalho_newsletter.jpg

e-news

A NOVA MOBILIDADE

AUTOMÓVEL EM VíDEO

 

VEJA AQUI O PROGRAMA DA SEMANA

MAZ_P220101_MAZDA_CX-60_CX-60_launch_Portugal_300x600-backup.jpg
AIWAYS_U6_EXTERIOR_05.jpg

NOVOS MODELOS

Aiways apresenta SUV-Coupé U6

Motorização elétrica de 160 kW (218 cv) de potência e 315 Nm de binário; sistema de baterias com 63 kWh de capacidade; até 400 km de autonomia combinada WLTP; possibilidade de recarga em apenas 30 minutos (30-80%) em carregadores públicos rápidos de 90 kW DC. Essas são algumas das credenciais de apresentação do segundo modelo elétrico da marca Aiways a chegar ao mercado europeu: trata-se do esperado U6, que se junta assim ao SUV U5 na gama deste fabricante de origem chinesa cujos produtos são comercializados em Portugal pela Astara. Os interessados poderão registar desde já o seu interesse neste SUV-Coupé elegante e dinâmico que estreia uma nova linguagem de design e que se prepara para competir no segmento dos SUVs compactos de motorização 100% elétrica. Com dimensões exteriores de 4.80m de comprimento, 1.88m de largura e 1.64m de altura, e apenas 1.790kg de peso, o Aiways U6 promete elevada eficiência e excelente dinâmica de condução, destacando-se ainda por tecnologias como a plataforma MAS totalmente elétrica específica da marca ou a configuração em “sandwich” do eficiente sistema de baterias CATL, bem como por um interior ergonómico e desportivo oferecendo elevados índices de conectividade e um inovador interface do utilizador, além de atualização de software remota over-the-air e ainda um total de 11 sistemas avançados de assistência à condução.

peugeot_408phev_2206styp_03562b1d19235f81a-635277584cd6e.jpeg

MERCADO

Peugeot 408 já pode ser encomendado

A Peugeot anuncia a abertura de encomendas para o seu novo modelo fastback 408: o novo 408 pode desde já ser encomendado em qualquer ponto de venda da rede de concessionários da marca em Portugal, estando disponível com preços a partir de 35.800€, ou a partir de 44.600€ no caso das motorizações híbridas plug-in, tendo as primeiras unidades chegada ao mercado nacional prevista para o final do ano. A gama de motores inclui uma versão a gasolina de 130 cv e duas versões híbridas plug-in com 180 ou 225 cavalos, todas elas acopladas a uma caixa automática EAT8 de 8 velocidades. Relembre-se que uma versão totalmente elétrica seguir-se-á mais tarde. A gama Peugeot 408 está disponível em 6 cores – Azul Obsession, Cinzento Titanium, Cinzento Artense, Vermelho Elixir, Branco Nacré e Preto Perla Nera – e em 3 níveis de equipamento – Allure, Allure Pack e GT –, com os seguintes preços para as versões PHEV:

                                                       Allure              Allure Pack               GT

Plug-in Hybrid 180 cv          44.600€        45.850€                      48.650€

Plug-in Hybrid 225 cv          –                        47.350€                      50.150€

hyundai-ioniq-6-relieves-range-anxiety.JPG

AUTONOMIA

Até 614 km de autonomia para o Hyundai IONIQ 6

A Hyundai confirmou alguns dos dados técnicos definitivos com que o novo modelo da sua submarca IONIQ dedicada aos automóveis 100% elétricos vai chegar ao mercado. Com destaque maior para o valor anunciado para a autonomia máxima que o IONIQ 6 conseguirá percorrer com uma única carga de bateria: 614 quilómetros. O que será possível, refere a marca sul-coreana, graças nomeadamente à arquitetura E-GMP criada pela Hyundai e na qual está baseado este novo modelo totalmente elétrico, bem como ao coeficiente aerodinâmico (Cx) de apenas 0.21 atribuído ao IONIQ 6, fatores que ajudam a torná-lo num dos automóveis 100% elétricos atuais mais eficientes do ponto de vista energético, com consumos de apenas 13.9 kWh/100 km. Essa autonomia máxima acima dos 600 km é anunciada para a versão Long Range (equipada com bateria de 77.4 kWh) e 2WD do IONIQ 6, modelo que estará ainda disponível na mesma versão mas com tração integral (esta com autonomia que pode chegar aos 583 km) e numa variante Standard de menor capacidade de bateria (53 kWh) e até 429 km de autonomia combinada WLTP. O Hyundai IONIQ 6 tem início de comercialização previsto para o final deste ano.

05_enyaq_rs_iv_8dc4a5b4-1920x1281.jpg

NOVOS MODELOS

Skoda: gama Enyaq iV ganha versão desportiva RS

Depois da carroçaria Coupé, também a variante SUV do modelo elétrico Skoda Enyaq vai ter direito à motorização mais desportiva do fabricante checo: sinónimo de elevadas performances, a família RS estende-se agora ao Enyaq iV, que passa assim a ser o segundo modelo 100% elétrico da Skoda disponível com 2 motores que oferecem uma potência combinada de 220 kW (equivalente a 300 cv) e um binário máximo de 460 Nm, garantindo tração integral bem como aceleração 0-100 km/h em 6,5 segundos. Além de suspensão específica e de detalhes estilísticos que o identificam com a gama desportiva RS, o Enyaq RS iV virá ainda equipado com um sistema de baterias com 82 kWh de capacidade (dos quais 77 kWh utilizáveis, que podem ser recarregados a potências até 135 kW, suficiente para uma carga 10-80% em apenas 36 minutos), o que associado à excelente aerodinâmica e à elevada eficiência energética permitem à Skoda anunciar para este seu novo modelo elétrico de topo mais de 500 km de autonomia em ciclo combinado WLTP.

photo-1593941707882-a5bba14938c7.jpeg

CARREGAMENTO

Veículos elétricos:

Europa quer postos de recarga a cada 60 km

Postos de carregamento para carros elétricos a cada 60 km ao longo das principais vias rodoviárias da União Europeia: este é objetivo a atingir até 2026 que consta da mais recente proposta do Parlamento Europeu no âmbito das medidas legislativas comunitárias destinadas a promover a utilização de combustíveis alternativos no transporte automóvel, em linha com as já conhecidas metas para a redução das emissões. “A transição para veículos zero-emissões deve ser acompanhada por uma abrangente infraestrutura de estações de carregamento e abastecimento”, refere a proposta formulada na semana passada pelo Parlamento Europeu, que alerta para a realidade do crescimento acelerado do parque de veículos elétricos na União – atualmente de mais de 4.4 milhões de veículos – não estar a ser acompanhado pela oferta de pontos de recarga – hoje cerca de 360.000, mas com a maioria deles concentrada em apenas alguns países: Holanda, Alemanha, França, Itália e Suécia. É assim imperativo, conclui o Parlamento sediado em Estrasburgo, aumentar significativamente as zonas equipadas com carregamento para veículos elétricos nas estradas europeias, de modo a que distem entre si no máximo 60 km, bem como garantir infraestruturas com maior capacidade de carga. Na mesma proposta, aprovada por larga maioria pelo plenário do Parlamento Europeu e que deverá agora ser negociada com cada um dos estados-membros, que deverão apresentar até 2024 um plano sobre como atingir esse objetivo, os eurodeputados alertaram ainda para a importância dessa infraestrutura de carregamento para veículos elétricos ser acessível a todas as marcas de automóveis, bem como para a necessidade dos preços serem acessíveis e o pagamento facilitado.

Lotus-Eletre-hero-image_8.jpg

NOVOS MODELOS

Os números do Lotus Eletre

Primeiro de uma gama de modelos a bateria que assinala o início da nova era de eletrificação para a marca desportiva Lotus, o Eletre vai começar a ser produzido ainda este ano e chegará aos seus primeiros clientes europeus em 2023. Isso já se sabia, mas a novidade agora revelada é que este “hiper-SUV elétrico” (como é classificado pelo seu fabricante) vai estar disponível não numa mas sim em 3 versões: Eletre, que oferece equilíbrio entre design, tecnologia e performance, com potência de 450 kW e aceleração 0-100 km/h em 4,5 segundos; Eletre S, versão que reforça a experiência de condução acrescentando detalhes estilísticos específicos e mantendo as prestações; e Eletre R, a versão mais radical, anunciando 675 kW de potência máxima e 0-100 km/h abaixo dos 3 segundos. A autonomia em ciclo combinado WLTP vai dos 500 km (Eletre R) aos 600 km (Eletre). Quanto a preços, em mercados europeus prioritários como França e Alemanha começam um pouco abaixo dos 100 mil euros. Depois do Eletre, a nova gama zero-emissões da Lotus incluirá também um modelo coupé de 4 portas, a estrear no próximo ano; um novo SUV destinado ao segmento D, anunciado para 2025; e ainda um novo modelo desportivo, este previsto para 2026.

banner-60-ed-digital.gif