1/4

FICHA TÉCNICA

Motor 

4 cilindros, 1580 cc, 16 v.,     híbrido   

Potência

105 cv/5700 rpm (total: 141 cv) 

Motor elétrico    

44 cv, bateria de iões de lítio  

Tração              

Traseira, caixa auto. de 6 vel.
Suspensão    

McPherson à frente, 
multibraços atrás
Autonomia    

3 km elétrica

Consumo    

4,4 l/100 km
PREÇO

Niro 1.6 GDi HEV    29.990 €

NOVOS MODELOS

KIA NIRO

Combinação prática

Embora existam versões híbridas de modelos convencionais na Kia, a marca coreana resolveu dedicar-se a sério ao mercado das energias alternativas com um automóvel que existe exclusivamente como híbrido. O Kia Niro é um “crossover”compacto, mais pequeno que o Sportage, mas suficientemente prático e com um consumo bastante reduzido.
A conceção deste conjunto propulsor também é prática para a marca, e consiste em juntar um motor a gasolina de baixa cilindrada a um sistema elétrico. Não é nada de muito complicado, mas faz o seu trabalho perfeitamente, e pode ser aplicado em qualquer tipo de automóvel. Neste caso, a Kia combinou um motor 1.6 de injeção direta e baixa potência, de apenas 105 cv, com um motor elétrico que atinge os 43 cv de potência máxima. A potência combinada em utilização normal é de 141 cv, equivalente a um motor turbo semelhante, mas com consumos bem mais reduzidos: a Kia anuncia um valor médio de 4,4 litros por cada 100 km percorridos. Infelizmente, a sua autonomia em modo elétrico é bastante reduzida: não mais que três quilómetros.
A vantagem deste sistema é que comporta-se um pouco como um motor diesel normal. Em termos práticos, o motor elétrico faz grande parte do trabalho a baixa rotação, concentrando um nível elevado de binário, com acelerações rápidas, atingindo rapidamente a velocidade ideal de cruzeiro. As recuperações e as manobras de ultrapassagem também se podem fazer rapidamente, graças ao apoio do motor elétrico. Recorrer a uma caixa de dupla embraiagem, de seis velocidades, também torna este automóvel mais interessante de conduzir, ao contrário do que acontece com as caixas de variação contínua usadas pela maioria dos híbridos das marcas concorrentes.
Mesmo com a instalação de um motor elétrico, a Kia teve espaço para montar um chassis interessante debaixo da carroçaria do Niro, destacando-se a busca por um comportamento dinâmico interessante, com uma suspensão traseira de triângulos duplos, normalmente mais associada a veículos desportivos ou de alta gama do que a um “crossover” criado para uso por uma família.
O sistema propulsor também não interfere no conforto dos passageiros, com a grande distância entre eixos a garantir uma quantidade interessante de espaço para cinco adultos, sem prejudicar a posição da cabeça e dos joelhos nos bancos traseiros. Estranhamente, num carro que pretende avançar para o futuro dos propulsores, o condutor tem que ativar o travão de mão… com o pé. A bagageira tem um volume aceitável, com 425 litros, não sacrificando funcionalidade, mesmo quando as baterias foram montadas por baixo do espaço para a bagagem.
Em termos de equipamento, o Niro segue o mesmo espírito a que a Kia habituou o público, com uma excelente relação entre preço e equipamento, com uma campanha de preços que o coloca abaixo da barreira dos 30 mil euros. Apesar de estar disponível numa única versão, já inclui elementos como ar condicionado automático, banco do condutor com ajuste elétrico e apoio lombar, comandos do rádio e computador de bordo no volante, sensor de luz, abertura e ignição sem chave, sensores e câmara traseira para assistência de estacionamento, carregador USB no compartimento de arrumação entre os bancos, sensor de chuva e assistência de mudança de faixa. 

PROJETO BLUEAUTO
EDIÇÃO SETEMBRO 2020
CONTACTOS

PROPRIEDADE

Press.in, Lda.

NIPC: 505536293

Edifício LACS
Rocha Conde de Óbidos
1350-352 Lisboa

 

Mail: blueauto@pressfactory.pt

A BlueAuto é uma revista de periodicidade mensal dedicada à mobilidade sustentável e às inovações tecnológicas aplicadas ao mundo automóvel.

 

EDIÇÃO MENSAL

 

© 2018 PressFactory - Todos os direitos reservados